terça-feira, 1 de agosto de 2017

SEM MÚSICA



a felicidade não tem nada a me oferecer
ela me deixou sozinho numa festa
onde a música nunca iria tocar
no meu primeiro gesto
perdi todos os dedos
eu fiquei sem ímpar
eu fiquei sem par

Nenhum comentário: